Category Archives

Posts in Cinema category.
Star Wars l Cinco lições poderosas da saga para seus filhos

Todo mundo já sabe que Star Wars é para todas as idades. Afinal, a ficção científica é apenas um pano de fundo para a história onde a fantasia o humor e a aventura tomam conta do pedaço. Mas, no geral, as crianças apenas curtem os filmes e os personagens de forma superficial ou usam os produtos e brinquedos lançados.

O que talvez muitos pais não tenham pensado ainda é que, além de toda a diversão, existem diversos ensinamentos, filosofias e mensagens super bacanas que podem (e devem) ser transmitidas aos pequenos. Duvidam?

Então confiram essa lista de 5 itens da saga que cada família pode aplicar da forma que achar mais adequada aos seus próprios valores e crenças:

1 – A Força: a Força pode ser explicada de várias formas, desde um jeito mais científico até um mais religioso. A explicação sobre a Força em Star Wars é que ela seria uma espécie de campo energético onipresente, que permeia tudo que é vivo e move tudo no Universo, mantendo tudo como é.

Os Jedi/Sith seriam os seres que usam a Força com mais intensidade, uma habilidade que nem todos possuem nesse grau. Para as crianças essa é uma forma bacana de criar empoderamento, principalmente em situações de medo ou insegurança, onde ela se concentraria e “usaria a Força”. Assim, ela estaria mais confiante e protegida.

É uma boa técnica pra usar, por exemplo, após um pesadelo noturno, em provas esportivas ou escritas, onde a criança exerce seu poder de concentração para manter a calma.

 

Lado negro da Força: ensinar que sentir raiva, medo, entre outros sentimentos ruins, atrai o lado negro da força e que isso não é legal, porque traz tristeza e sofrimento. É uma boa forma de chamar a atenção dos filhos quando ele estiverem naquele momento “socorro, que bagunça é essa” no quarto, mostrando o “desequilíbrio” que isso traz ao ambiente (hehe).

Ou então que os acessos de raiva não vão levá-lo a lugar algum. Lembram das birras de Kylo Ren no Ep. VII? Adiantou alguma coisa? Não, né? Só ajudou a quebrar um painel da nave e espantar seus próprios guardas. =p

Lado iluminado da Força: os bons sentimentos como honestidade, amizade, companheirismo, altruísmo, etc., são valores importantes dos Jedi para os filhos. Quanto mais eles obedecerem, cumprirem com as próprias responsabilidades, serem gentis, educados e amigos, mais fortes e Jedi eles serão. Imaginem como eles se sentirão importantes com esse elogio!

 

2 – Consequência dos próprios atos – Anakin e suas más escolhas: Anakin, assim como Kylo Ren (tá no sangue!) fez escolhas bem ruins que o levaram ao lado negro da Força. Por mais que o vilão Darth Vader seja amado pelas crianças a história por trás do icônico personagem mostra que esse não era o verdadeiro caminho que ele deveria seguir.

Os vilões sempre “perdem” no final, então é legal mostrar o quanto é importante tomar cuidado com as escolhas que fazemos e principalmente os motivos que levam a essas escolhas. O papo pode ser mais ou menos complexo, dependendo da idade da criança, claro.

Um exemplo: Anakin era especialista em desobedecer seu mestre Obi Wan, principalmente no Episódio II, e já criou problemas por causa disso, colocando em risco inclusive a vida deles. Em um momento do Ep. II, Obi Wan pede que Anakin não vá atrás dele e ele desobedece, fazendo com que ambos fossem presos e também a pobre Padmé.

Uma outra ideia é criar histórias fictícias para os pequenos, em cima desse personagem tão “malcriado”. As crianças podem ouvir histórias de quando Anakin ainda era criança e pegou um sabre de luz pra brincar sem autorização e acabou quebrando um vaso super importante do Yoda, porque era da mãe dele (hihihi). =p

 

3- Aliança Rebelde – onde a rebeldia pode ser aplicada de forma saudável: a rebeldia tem um lado bom, desde que bem dosada. Lembram de como os pilotos rebeldes trabalham fortemente em equipe? No episódio IV e em Rogue One existem cenas lindas mostrando isso.

É ótimo para ser usado dentro de casa, em várias situações, até mesmo em “missões pra arrumar o quarto”, onde cada filho fica responsável por um “setor” especial. Na escola, se um amiguinho estiver precisando de ajuda, as crianças podem ser estimuladas a criarem uma “força-tarefa” para ajudá-lo.

Rebeldes não ficam de cabeça baixa. Crianças que sofrem algum tipo de injustiça ou situação de bullying não podem ficar sem fazer nada. Elas precisam acionar seus superiores: pais e professores e claro, jamais brigar com ninguém ou devolver na mesma moeda. Mais uma dica pra estimular o empoderamento nos pequenos e também defender os amigos na galáxia! =)

 

4- Tudo bem gostar de castelos, mas meninas também podem gostar de naves: aqui vamos entrar um pouco na questão do feminismo e também no sexismo que ainda existe de maneira muito forte na nossa cultura. Meninas podem gostar de castelos? Claro! Podem ser Princesas? Claro! Mas que o universo delas não seja forçado a ter somente isso.

Em Star Wars, por exemplo, temos mulheres pilotando naves rebeldes, uma aspirante a Jedi que pilota a Millenium Falcon e usa um sabre de luz e uma Princesa que vira Rebelde e depois General da Resistência. 😉

 

5 – Aprendizados do Yoda: acredite em si e tenha paciência: “Tamanho não importa. Olhe para mim, você me julga pelo tamanho?” – os maiores valores que Yoda pode ensinar para os pequenos são a confiança em si próprio e o otimismo no sentido de se acreditar que é possível.

Temos várias cenas no episódio V que mostram Yoda treinando Luke e mostrando a ele que o mais importante é ter auto-conhecimento, paciência, perseverança e acreditar em si próprio para se alcançar a evolução que se quer.

Outro valor bacana é quando Luke desconfia do poder de Yoda, por ele ser “pequeno e esquisito”, mas Yoda mostra todo seu poder e passa a lição de que não devemos julgar um livro pela capa. Isso para crianças é uma ótima ferramenta para conversar sobre preconceito e discriminação.

 

Luke: “Mas eu não acredito!”

         Yoda: “É por isso que você fracassa!”

Nem precisamos falar muita coisa sobre esse diálogo do episódio IV. Ele já diz tudo: precisamos criar nossos filhos para que eles acreditem em seus potenciais.

Que a Força esteja conosco!

10 filmes antigos para ver no fim de semana

Sabe aquele fim de semana em que você não vai sair. Por que está cansado, pouca grana, chuva..enfim, o melhor nessa hora é relaxar e assisistir um bom filme! Nossa dica para esse final de semana são filmes que você vai adorar, chama o pessoal, prepara o balde de pipoca e liga o dvd que hoje é dia de um bom filme!

Separamos 10 super filmes para animar o seu fim de semana, e fizemos um bom mix para todos os gostos, então vamos ao que interessa!

1 – Watchmen

Em 1977 foi aprovada pelo congresso norte-americano a Lei Keene, que proibia as atividades de mascarados no combate ao crime. Isto fez com que vários super-heróis deixassem a carreira, como o Coruja (Patrick Wilson) e Espectral (Malin Akerman). Outros, como o Comediante (Jeffrey Dean Morgan) e o Dr. Manhattan (Billy Crudup), passaram a trabalhar para o governo. Dois anos antes da implementação desta lei Adrian Veidt (Matthew Goode) decidiu revelar sua identidade como Ozymandias, dedicando-se a partir de então na construção de um império econômico. Em 1985 o mundo vive o clima da Guerra Fria, no qual um ataque nuclear pode acontecer a qualquer momento, vindo dos Estados Unidos ou da União Soviética. Neste clima de tensão política Edward Blake, o Comediante, é assassinado. Em seu funeral comparecem, em momentos diversos, seus antigos companheiros. Entre eles está Rorschach (Jackie Earle Haley), que acredita que sua morte seja o indício da existência de um assassino de mascarados.

Título original: (Watchmen)

Lançamento: 2009 (Canadá, EUA, Inglaterra)

Direção: Zack Snyder

Atores: Malin Akerman, Billy Crudup, Matthew Goode, Jackie Earle Haley.

Duração: 163 min

Gênero: Ficção Científica

2 – Onde os fracos não tem vez

Texas, década de 80. Um traficante de drogas é encontrado no deserto por um caçador pouco esperto, Llewelyn Moss (Josh Brolin), que pega uma valise cheia de dinheiro mesmo sabendo que em breve alguém irá procurá-lo devido a isso. Logo Anton Chigurh (Javier Bardem), um assassino psicótico sem senso de humor e piedade, é enviado em seu encalço. Porém para alcançar Moss ele precisará passar pelo xerife local, Ed Tom Bell (Tommy Lee Jones).

Título original: (No Country for Old Men)

Lançamento: 2007 (EUA)

Direção: Ethan Coen, Joel Coen

Atores: Tommy Lee Jones, Javier Bardem, Josh Brolin, Woody Harrelson.

Duração: 122 min

Gênero: Drama

3 – Um estranho no ninho

Randle Patrick McMurphy (Jack Nicholson), um prisioneiro, simula estar insano para não trabalhar e vai para uma instituição para doentes mentais, onde estimula os internos a se revoltarem contra as rígidas normas impostas pela enfermeira-chefe Ratched (Louise Fletcher). Mas ele não tem idéia do preço que irá pagar por desafiar uma clínica “especializada”.

Título original: (One Flew Over the Cuckoo’s Nest)

Lançamento: 1975 (EUA)

Direção: Milos Forman

Atores: Jack Nicholson, Louise Fletcher, William Redfield, Michael Berryman.

Duração: 129 min

Gênero: Drama

4 – Don Juan de Marco

Um homem de 21 anos (Johnny Depp) dizendo ser o famoso amante Don Juan vai até Nova York para encontrar seu amor perdido, mas, sentindo que não alcançará seu objetivo, tenta se matar. Porém, um psiquiatra (Marlon Brando) consegue convencê-lo a mudar de idéia e começa a tratá-lo. Entretanto, o paciente possui um romantismo irrecuperável e contagioso, que começa a influenciar o comportamento do médico.

Título original: (Don Juan DeMarco)

Lançamento: 1995 (EUA)

Direção: Jeremy Leven

Atores: Marlon Brando, Faye Dunaway, Johnny Depp, Géraldine Pailhas.

Duração: 97 min

Gênero: Romance

5 – 2 filhos de francisco

Francisco Camargo (Ângelo Antônio) é um lavrador do interior de Goiás que tem um sonho aparentemente impossível: transformar dois de seus nove filhos em uma dupla sertaneja. Ele inicialmente deposita sua esperança no mais velho, Mirosmar (Dablio Moreira), e resolve lhe dar um acordeão quando completa 11 anos. Mirosmar e seu irmão Emival (Marco Henrique), que toca violão, se apresentam com sucesso nas festas da vila onde moram, mas devido a perda da propriedade onde moravam nos anos 70 toda a família é obrigada a se mudar para Goiânia. Mirosmar e Emival começam então a tocar na rodoviária local, na intenção de conseguir algum dinheiro para ajudar em casa. Lá eles conhecem Miranda (José Dumont), empresário de duplas caipiras, que viaja com eles por mais de 4 meses. Os irmãos novamente fazem sucesso e chegam até mesmo a cantar para 6 mil pessoas em um show no interior do país, mas um acidente encerra prematuramente a carreira da dupla. Após quase desistir da carreira artística Mirosmar decide voltar a cantar, agora usando o nome artístico de Zezé di Camargo (Márcio Kieling). Ele grava um disco solo, mas não obtém sucesso. Já casado e com duas filhas pequenas, Zezé tem dificuldades em sustentar a família e o máximo que consegue é que outras duplas cantem composições suas. É quando ele encontra em seu irmão Welson (Thiago Mendonça), que passa a usar o nome artístico de Luciano, o parceiro ideal para levar adiante sua carreira musical.

007 – Operação Skyfall | Vídeo dos bastidores mostra cenas filmadas em Istambul.

O novo filme do agente James Bond está quase chegando, e com isso, a campanha de marketing também vem aumentando. Dessa vez, um vídeo mostrando Naomie Harris em Istambul, Turquia, foi liberado.

A trama vai envolver a agente M e o próprio James Bond, que precisa destruir a ameaça de ataque a M16.

No elenco estão Daniel Craig, Judi Dench, Naomie Harris, Javier Bardem, Ralph Fiennes e outros.

No Brasil, o filme chega dia 9 de novembro.

Confira o vídeo.

La Luna | Assista o curta Grátis

Um dos benefícios de ver um novo filme da Pixar nos cinemas é assistir o curta-metragem que passa antes do filme.

O estúdio tem nos premiado com jóias como Dia e Noite, Parcialmente Nublado, A Banda de um Homem Só, que vieram à frente de filmes de grande sucesso da Pixar, e neste ano à frente de Valente, o  maravilhosamente encantador curta La Luna foi o destaque!

O curta foi lançado online na íntegra, por isso, se você perdeu o curta do diretor Enrico Casarosa nos cinemas, agora é a hora de corrigir isso. E preste atenção na trilha sonora feita por Michael Giacchino responsável pela trilha de Up – Altas Aventuras!

Embora tenha perdido o Oscar de Melhor Curta-metragem de Animação para de The Fantastic Flying Books of Mr Morris Lessmore de William Joyce, ainda é um curta que vale a pena assistir.

O curta sairá em DVD em Pixar Short Collection 2, a nova antologia de curtas do estúdio, que chega às lojas nos EUA em 13 de novembro.

CARE Brasil promove o 1º Festival de Curtas sobre transformação social para estudantes

A iniciativa da ONG CARE Brasil abre inscrições em 15 de junho e premiará as obras que melhor discutam as questões sociais do país

Com o objetivo de fomentar entre os jovens a discussão e a conscientização sobre questões sociais do nosso país, incentivando a reflexão crítica e a busca de iniciativas criativas para acabar com a pobreza, a ONG CARE Brasil promove o “Festival de Curtas Geração CARE – Luz, Câmera, Transformação”, entre junho e novembro de 2013.

care

Trata-se de um concurso, com abrangência nacional, exclusivo para jovens estudantes de até 25 anos de idade. Cada grupo inscrito poderá ter entre dois e cinco integrantes e deverá produzir um filme com requisitos técnicos simples e duração entre um e cinco minutos. O formato é livre, podendo ser um documentário, ficção ou animação.

As inscrições começam em 15 de junho e poderão ser realizadas pelo hotsite http://festivaldecurtas.care.org.br/ até 13 de outubro. Esta página também disponibilizará o regulamento e será a plataforma para o envio dos vídeos. Todo o contato com a equipe organizadora será feito on-line. Na primeira edição, o tema dos filmes produzidos serão os próprios jovens como agentes de transformação e, partindo de uma perspectiva social, o olhar deles sobre a sua geração. A CARE Brasil disponibilizará informações sobre jovens que participam dos seus projetos, depoimentos, imagens e outras referências para ajudar as equipes a produzirem seus filmes.

No Festival haverá duas premiações: escolha pública e votação do júri. De 18 de outubro a 10 de novembro, o público poderá votar tanto pelo facebook da CARE Brasil, por meio de “curtidas” nos filmes, quanto pelo site do festival – http://festivaldecurtas.care.org.br/. As escolhas do júri e a popular serão divulgadas em 19 de novembro.

Os primeiros colocados de ambas as premiações ganharão uma viagem de uma semana para conhecer o trabalho da CARE Brasil na Rota das Emoções (entre os Lençóis Maranhenses e Jericoacoara), que percorre os estados do Piauí, Maranhão e Ceará. Os 10 primeiros colocados eleitos pelo júri serão exibidos em festivais e espaços parceiros do festival.

Apoiam essa iniciativa a Linhas Aéreas Azul, as agências Open Box e AW, como patrocinadores, e o Instituto Criar e a Casa da Árvore, como parceiros.

PARA SUA AGENDA

 

Festival de Curtas Geração CARE

Hotsite:                                   http://festivaldecurtas.care.org.br/

Período de inscrição e envio dos vídeos:      15 de junho a 13 de outubro

Votação pública:                    18 de outubro a 10 de novembro

Divulgação dos ganhadores:                         19 de novembro

 

Sobre a CARE Brasil – A CARE Brasil é uma ONG brasileira, com título de OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), que iniciou suas operações em 2001. A CARE Brasil se concentra no combate à pobreza, abordando as suas causas estruturais por meio de projetos de desenvolvimento urbano e rural. Para este fim, opera atualmente em nove estados, incluindo duas áreas urbanas (Rio de Janeiro e São Paulo) e sete regiões rurais (Acre, Bahia, Piauí, Pará, Maranhão, Ceará e Goiás). Atua ainda na resposta e redução de risco de desastres, com projetos na Região Serrana do Rio de Janeiro, e nas regiões do Alto Acre e do Alto Purus, no Acre, e em Francisco Morato, em São Paulo.

A CARE Brasil faz parte da rede da CARE Internacional. Com atuação em 84 países, a CARE apoiou, em 2011, mais de 122 milhões de pessoas, melhorando a saúde básica e a educação, combatendo a fome, desenvolvendo o acesso à água potável e saneamento, expandindo oportunidades econômicas, combatendo as mudanças climáticas e atuando na recuperação de desastres. Para mais informações, acesse: www.care.org.br.